Azaz | 8 Práticas de TI de grandes empresas para serem implementadas em PMEsBlog Azaz - 8 Práticas de TI de grandes empresas para em PMEs

Você que lê os textos do blog sabe que TI em pequenas empresas é algo totalmente possível e necessário. Ainda que não se tenha estrutura e/ou condições de manter um departamento exclusivo, o trabalho pode ser tão eficaz quanto o comumente usado em corporações maiores.

Porém, é necessário saber como implementar e utilizar esse poderoso recurso. Assim, os resultados podem ser obtidos mais rapidamente, com altíssimas chances de sucesso.

 ti em pequenas empresas 2
TI em pequenas empresas é uma realidade e pode ser muito bem utilizada

Trata-se, inclusive, de ações modernas e que certamente põem a empresa a um passo a frente em todos os aspectos.

Se você quer realmente fazer a diferença em seus negócios, acompanhe esse artigo. Conheça 8 práticas de TI em pequenas empresas que são inspiradas nas corporações de grande porte. Antes, entretanto, saiba os motivos pelos quais o pequeno empreendedor não pode deixar de contar com essas ferramentas.

Por que TI em pequenas empresas é importante

Primeiramente, vale mencionar o papel dessas empresas na economia brasileira. Para se ter uma ideia, negócios de pequeno e médio porte representam, de acordo com o SEBRAE, 27% do PIB nacional.

Esse número tende a subir, pois, a cada década, vem em curva ascendente. Em 1985, o IBGE calculou essa participação em 21% e em 2001, dois pontos percentuais a mais.

Quando se fala de números absolutos, o salto é ainda maior. Em dez anos, a produção das PMEs foi de 144 para 599 bilhões de reais.

No quesito geração de empregos, os dados também são animadores. Mais da metade dos empregos de carteira assinada pertencem a essas empresas. São quase 9 milhões de negócios em todo o Brasil.

Imagine gerenciar tudo isso sem o auxílio de ferramentas eficazes e que realmente auxiliem no dia a dia corporativo. Tudo fica muito mais difícil. Por isso, TI em pequenas empresas se tornou uma pauta imprescindível.

Saiba a seguir quais são as práticas de TI, comuns em grandes empresas, que podem ser adaptadas para PMEs e conte com esses recursos o quanto antes.

8 práticas de TI em grandes empresas que podem ser implementadas em PMEs

Você viu no tópico anterior que sua empresa tem um grande potencial, com vantagens não apenas para sua equipe, como também para o país.

Entenda agora quais são as ações que podem ser feitas e faça cada passo parte do processo de desenvolvimento de seu negócio.

1 – Medição de resultados

Essa é uma das maiores vantagens de contar com o trabalho de TI. Através de uma simples análise, é possível verificar o que é um sucesso no trabalho da equipe e aquilo que precisa ser corrigido.

Ter esses dados em mãos pode até determinar o futuro de uma empresa.

Esses aspectos podem ser vistos da maneira que o gestor preferir e das necessidades da equipe. Dessa forma, é fundamental saber qual a metodologia a ser adotada e os resultados a serem alcançados em um determinado tempo.

Em caso de dúvidas, vale a pena contar com a ajuda de um especialista. Assim, você consegue identificar as prioridades naquele momento.

O próximo tópico aborda exatamente isso.

2 – Acerto de uma metodologia

Implantar TI em pequenas empresas exige um estudo e planejamento. Fazê-lo de forma aleatória é um passo grande para o insucesso.

Além de se perguntar o porquê, um questionamento deve ser como é feita a implementação e manuseio. Tudo deve respeitar a política da empresa, sua missão e os resultados esperados.

As metodologias mais comuns nas empresas em geral são a ITIL, Scrum e Cobit. Não há uma melhor do que a outra, mas, dependendo do tipo de trabalho que se pretende adotar, uma opção pode ser mais viável.

Por isso, vale a pena obter o máximo de informações antes de escolher um caminho.

3 – Treinamento

O treinamento ajuda a qualificar equipe e evitar erros operacionais

Para que os resultados realmente aconteçam, a equipe deve estar bem treinada e conhecer os objetivos de seu próprio trabalho. Dessa forma, todos devem passar por treinamentos, não apenas para aprender a usar o sistema, mas também para reciclagens periódicas.

Todos os recursos devem ser usados para ajudar a empresa a conquistar os resultados. Caso os colaboradores não tenham clareza em relação ao uso dos dispositivos, o efeito pode ser o contrário.

Muitos dos casos de problemas com TI são causados por falha humana – justamente por falta de informações sobre como usar os recursos de forma eficaz.

Cada membro da equipe precisa saber exatamente o que ele precisa usar e o que a empresa espera dele. O gestor precisa oferecer uma capacitação que explore as suas qualidades mais evidentes e que a equipe possa usá-las em favor de seu trabalho.

4 – Uso de cloud computing

 

O recurso de cloud computing é ideal para qualquer tipo de empresa

Atualmente, é impossível falar de TI sem mencionar o cloud computing. Trata-se de uma ferramenta eficiente para empresas de qualquer porte e segmento.

A praticidade de se manter os dados na nuvem é a tônica para que a gestão seja modernizada, assim como as relações de trabalho.

Além de ser prática, é um recurso acessível. Logo, pode ser um dos principais instrumentos de TI em pequenas empresas.

O seu principal benefício é a possibilidade de acessar e editar informações em dispositivos móveis e em qualquer lugar, mesmo a centenas ou milhares de quilômetros de distância da empresa. O controle do trabalho é feito de forma ostensiva.

Além disso, esse recurso é útil em empresas e profissionais que trabalham de forma remota. Com todos os dados armazenados na internet, não há problemas que costumam acontecer com informações off-line. Entre eles estão a falta com memória de dispositivo, perda de informações em caso de pane e outros problemas comuns em sistemas que não contam com essa tecnologia.

Para saber mais sobre cloud computing, acesse este artigo e conheça todas as suas vantagens. Já aqui, você conhece os erros mais comuns no uso dessa ferramenta.

5 – Chamados remotos

O uso de suporte remoto é mais eficaz e econômico

Essa prática de TI em pequenas empresas é algo que economiza tempo e otimiza o trabalho. Quando qualquer ferramenta precisa de suporte necessita de reparos, normalmente o técnico vai até o local para verificar o que acontece.

Nesse ínterim, o sistema pode funcionar precariamente ou simplesmente estar inoperante, o que pode prejudicar seriamente a produtividade, os trabalhos e o andamento de projetos.

Com o advento do suporte remoto, esses contratempos são resolvidos em poucos minutos, sem dar tempo para que o problema prejudique o andamento da empresa.

Solucionar um erro de configuração ou conexão é possível através de um chat on-line ou e-mail. São questões simples de serem resolvidas e ter o trabalho interrompido por conta disso só causa prejuízo desnecessário.

Mas as vantagens não acabam por aí. Essa solução de TI em pequenas empresas é perfeita também pelo fato de seus custos serem menores em relação ao atendimento presencial. A economia pode ultrapassar os 70%.

Dessa forma, você tem mais dinheiro para investir no crescimento da empresa ou então poupá-lo para capital de giro ou projetos futuros.

6 – Planejamento

Grandes empresas costumam planejar suas atividades por períodos, como meses, semestres e anos, por exemplo. Com isso, os resultados são mensurados mais facilmente e se em uma noção exata de onde os negócios podem chegar no final dessa preparação.

PMEs também podem contar com esse valioso recurso através de soluções de TI. Ao avaliar o que será feito com antecedência, é possível enxergar sinais de crescimento ou retração (neste caso, se pode avaliar melhor o problema).

Sem isso, as atividades são feitas de modo mecanizado, como se fossem parte de uma rotina imutável.

As ações são tomadas não para solucionar contrariedades, mas para evitar ao máximo que elas apareçam.

7 – Economia e sustentabilidade

Ao contar com práticas de TI em pequenas empresas, você consegue também economizar e tornar o seu trabalho mais sustentável. De quebra, ainda consegue passar essa ideia para a sua equipe.

Um exemplo disso é a necessidade de impressão. Se as informações são armazenadas na nuvem, não há a necessidade de colocar em papel os dados que estiverem sendo usados naquele momento. É só acessar o smartphone ou tablet e tê-los à mão, em qualquer lugar.

Em algum tempo, você consegue verificar as consequências positivas dessas ações simples, mas que fazem a diferença. Além de gastar menos suprimentos do que de costume, todos os colaboradores adquirem consciência sustentável. O meio ambiente agradece.

8 – Acesso à tecnologia de ponta, sem necessidade de investir muito dinheiro

É sabido que PMEs, principalmente no início de suas jornadas, precisam gastar cada real de maneira viável. Alguns deslizes nesse sentido podem prejudicar a empresa seriamente.

Implementar práticas de TI em pequenas empresas se mostra um bom investimento. Isso se dá não apenas pelos motivos já mencionados nos outros tópicos, como também pela falta de necessidade de grandes verbas.

Não é necessário contratar muitos funcionários ou um departamento inteiro apenas para isso. A terceirização é uma saída para quem não pode e nem precisa ter pessoas dedicadas especialmente para executar essas atividades.

Você tem à disposição pessoas especializadas em oferecer as soluções que o seu negócio precisa para funcionar e crescer. O suporte também não deve nada aos empreendimentos que podem ter um departamento próprio. Todas as atividades são realizadas de forma bastante profissional e séria.

Neste artigo, você tem um guia completo de como terceirizar o seu departamento de TI. E neste outro, saiba como essa tendência faz o seu negócio evoluir.

Como saber as práticas de TI mais importantes para uma PME

Este é um assunto que não se limita apenas a mostrar as vantagens de se aplicar práticas de TI em pequenas e médias empresas. As dúvidas são recorrentes, pois nunca se sabe de início se todas elas valem realmente a pena ou se somente algumas já trazem os resultados esperados.

Há uma infinidade de tipos de empresas, a começar pelo ramo de atuação, objetivos, planos de crescimento e perfis de empreendedores e colaboradores. Então, um item citado anteriormente pode trazer mais efeitos positivos em um determinado negócio do que em outro.

Sendo assim, como saber o que vai dar certo nas próprias atividades e o que não é tão importante assim?

A resposta é simples: através de uma avaliação.

Antes de implementar cada prática de TI ou um conjunto delas, é bastante viável ter reuniões com a equipe ou consultar pessoas que entendam do assunto. Conhecer a empresa e verificar o que se espera dela em um determinado período ajuda a avaliar a ordem dos itens a serem implementados.

Não é necessário ter pressa. Fazer testes e adotar uma prática de cada vez ajuda a definir estratégias e solucionar dúvidas naturais nessa fase inicial. Evidentemente, todas podem ser importantes para o crescimento de sua empresa, mas não podem ser usadas aleatoriamente.

Se for necessário corrigir algo no decorrer dessa jornada, não hesite. Essa fase de testes tem mais flexibilidade a tolerar certos tipos de erros que têm consequências bem mais drásticas em um momento posterior.

Dessa forma, você observa as melhores práticas de TI em pequenas empresas para o seu caso. Posteriormente, se faz um mapeamento completo das reais necessidades de seu trabalho e o dos colaboradores.

A gestão se torna muito mais leve e conectada com que há de mais moderno no dia a dia corporativo.

Como a Azaz pode auxiliar

Se você pretende contar com esses benefícios, não perca tempo. Entre em contato e saiba como implementar soluções de TI em sua empresa de forma acessível e eficaz.

A Azaz oferece todo o suporte nesse sentido, através da terceirização de governança de TI, gerenciamento de ambientes, redes e armazenamento.

Tudo isso através de uma plataforma proativa, focada na garantia de performance e correção de falhas. São gerados relatórios periódicos e os seus resultados são avaliados nessa ocasião.

O suporte remoto, mencionado no decorrer deste texto, também é oferecido. Em caso de problemas ou dúvidas, uma equipe capacitada está sempre à disposição para orientar gestores e outros membros da equipe.

E para saber mais sobre TI, não deixe de conferir os textos já indicados ao longo do texto e os outros já publicados no blog. Acompanhe também as suas atualizações e comente em caso de dúvidas.

 

 

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *