Azaz | Segurança da Informação – Principais riscos e como se protegerSegurança da Informação – Principais riscos e como se proteger — Azaz | Soluções de TI e Cloud

Quando falamos em segurança da informação, estamos nos referindo a uma demanda cada vez mais importante para qualquer segmento produtivo. Isso porque o fluxo de dados e informações cresce consideravelmente a cada dia em um mundo que cada vez mais se torna digital. Com este fluxo imenso surgem também riscos, falhas e ameaças, que podem comprometer pessoas e negócios muitas vezes irremediavelmente.

 

Para tratar a questão da segurança da informação da sua empresa de forma estratégica é preciso considerar três conceitos principais: riscos, vulnerabilidade e ameaça. Vejamos melhor o que são estes elementos e como garantir a segurança dos dados de seu negócio e de seus clientes.

 

Empresas sofrem com ataques contra a segurança da informação

 

Não é incomum as empresas sofrerem ataques ou acidentes que comprometem a segurança da informação. Mas esta probabilidade pode ser reduzida drasticamente ou mesmo eliminada, dependendo do caso. Muitos são os exemplos de grandes empresas que, mesmo com acesso aos mais assertivos recursos, tiveram problemas de falha da segurança, como foi o caso da Nasdaq – em que hackers russos desviaram mais de 160 milhões de dólares de cartões de crédito e débito de mais de 800 mil contas distintas – a Adobe – que em 2013 teve os dados de 38 milhões de usuários vazados -, e a Plastation Network – que em 2011 ficou sem o fornecimento de serviço por mais de 40 dias, afetando mais de 77 milhões de usuários.

 

A informação como um patrimônio corporativo

 

Para muitos, os riscos a vulnerabilidade e as ameaças são partes da mesma coisa e nem sempre é fácil fazer uma distinção dos três conceitos. Mas entende-los pode ser o ponto de partida para criar estratégias eficientes de segurança da informação.

 

Em suma, é importante destacar que todo tipo de dado ou informação da sua empresa deve passar por processos de proteção ou controle em todos os contextos e meios de tratamento. Em geral, as estratégias de segurança de dados deve ser desenvolvidas por um especialista que saiba compreender as necessidades do negócio e estabelecer metodologias e recursos eficazes de prevenção e correção de alta performance.

 

Com a análise e o planejamento, é possível cartografar estas necessidades e fazer uma gestão de riscos eficiente.  A auditoria tem também um papel muito importante no processo de segurança da informação. Este planejamento inicial coloca em perspectivas as ameaças, os riscos e o grau de vulnerabilidade da segurança da informação do negócio.

 

Riscos, vulnerabilidade e ameaças em segurança da informação

 

Como ficou claro, a informação é considerada um importante patrimônio corporativo que deve ser protegido amplamente. Muitos são os casos de empresas pelo mundo que tiveram gastos formidáveis em ações corretivas ou indenizações ao sofrerem ataques. Logo, os custos para proteger os seus dados são muito menores do que os custos que terá para reparar dados. E o primeiro passo é avaliar os riscos, a vulnerabilidade e as ameaças que o negócio pode sofrer.

 

  • Ameaças – São ocorrências ou possíveis ocorrências indesejáveis que na maioria das vezes não podem ser controladas. Podem comprometer os seus recursos de muitos modos e aproveitam falhas da segurança da informação para atingir a organização. As ameaças podem ser propositais ou acidentais, e promovem a vulnerabilidade.

 

  • Riscos – Podem ser externos e/ou internos e podem ser diminuídos ou eliminados. Um risco afeta a capacidade do negócio atingir os seus objetivos. O risco pode se referir a uma fonte de ameaça ou de vulnerabilidade.  

 

  • Vulnerabilidade – Geralmente, são situações internas e possuem o diferencial de poderem ser tratadas. A vulnerabilidade por ter origem em diferentes contextos, como falha ou incapacidade do processo ou de um procedimento, problemas com o design, problemas de implementação ou desenvolvimento, falta de controles internos, acidentes ou dados propositais, falhas e brechas de segurança dos sistemas, etc. Pode-se caracterizar a vulnerabilidade como a junção de três fatores essenciais: suscetibilidade ou falha do sistema, acesso da ameaça/invasor e capacidade da ameaça poder explorar brechas e falhas existentes. Estes ataques relacionados à vulnerabilidade da segurança da informação podem ser ativos (impactam o fluxo de informação) ou passivos (não impactam drasticamente o fluxo de informações, mas são existentes e podem comprometer futuramente o processo).

 

Boas práticas de segurança da informação

 

Vejamos algumas indicações de como proteger o seu negócio e como implementar boas práticas na sua empresa:

 

Planejamento – O planejamento da estratégia de segurança da informação é o primeiro passo, como vimos, pois cada negócio tem as suas especificidades e é preciso avaliar riscos e contingências de segurança da informação. Em muitos casos, mesmo quando há pessoal dedicado em TI na empresa, é positivo contratar uma consultoria especializada.

 

Auditorias – As auditorias são eficientes para mostrar pontos escusos, problemas de segurança da informação e indicação das tecnologias mais eficientes para cada segmento do processo.

 

Política de gestão de riscos – É importante que a empresa tenha documentos que indiquem as decisões preventivas e corretivas a serem tomadas para evitar riscos, ameaças e vulnerabilidade, além de descrever as responsabilidades de cada usuário.

 

Recursos eficientes – Para garantir a segurança da informação, é importante ter à disposição recursos e ferramentas eficientes e continuamente renovadas, uma vez que as ameaças e riscos evoluem rapidamente. Metodologias e soluções de backup e recuperação, antivírus gerenciado, plataforma integrada com soluções de segurança (como a Plataforma Proativa Azaz, por exemplo), webprotector, controle de acessos são apenas algumas soluções para garantir a produtividade e a qualidade dos seus negócios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *